Cinco Vales e um ÚNICO prazer: Vamos tomar vinho no Vale Central do Chile! Primeira parte

by Destinations Royal Holiday
Chile

Caso você seja dos que desfrutam de um bom vinho e de uma ótima mesa, acompanhados de paisagens, aventuras e emocionantes histórias, então já sabe que as Rotas do Vinho no Chile esperam por você.

Estando você em Santiago e planejando visitar uma entre as onze rotas que tem à sua disposição, então uma excelente opção é começar pela região vinícola do Vale Central.

O Vale Central do Chile lhe oferece 5 espetaculares rotas: Rota do Vinho do Vale do Maipo, Rota do Vinho do Vale do Cachapoal, Rota do Vinho do Vale de Colchagua, Rota do Vinho do Vale de Curicó e a Rota do Vinho do Vale do Maule.

O Royal Holiday lhe levará por cada uma destas rotas mostrando-lhe as maravilhosas Vinhas que você encontrará nos passeios em cada um dos Vales.

Prepare sua taça de vinho e comece conhecendo o Vale de Colchagua.

• Vale de Colchagua

Na rota do vinho do Vale de Colchagua você encontrará os vinhedos chilenos com maior prestígio internacional.

Caso sua debilidade seja o bom vinho e uma ótima mesa então você está na rota indicada. Há cinco vinhedos que você tem que visitar: Vinha Santa Cruz, Vinha Las Niñas, Vinha Viu Manent, Vinha Casa Silva e Vinha Los Vascos.

Na Viña Santa Cruz você pode subir ao monte Chamán em teleférico, fazer caminhada, fazer observação astronômica e desfrutar, sob um lindo céu estrelado, de vinhos obtidos com práticas sustentáveis.

Para os mais refinados Vinha Casa Silva dispõe de um Hotel Boutique e passeios em carruagem pelos cultivos. Também oferece uma exótica atração: demonstração de rodeio chileno, esporte equestre considerado como um “esporte nacional”.

Em caso passear de bicicleta, acompanhando a diversão com lanches ao ar livre, então Vinha Las Niñas espera por você com seus famosos Syrah e Sauvignon Blanc.
Em Vinha Viu Manent você pode desfrutar de vinhos e alimentos da região em meio de jardins de estilo colonial.

Agora, se você busca vinhas de origem francesa, então dirija-se a Vinha Los Vascos. Neste lugar você encontrará um delicioso Cabernet que pode combinar com mel e azeite de oliva.
É muito importante que você saiba que em abril as festas da vindima se apoderam do Vale de Colchagua. As Festas da Vindima de Lolol, de Palmilla e de Peralillo reúnem sua população ao redor dos ritmos e danças folclóricas, o comércio de artesanatos e da produção vitivinícola de pequenos produtores.
Chile

• Vale do Cachapoal

O Vale do Cachapoal, ou também conhecido como a Cuenca de Rancagua é outra região de grande atividade vitivinícola de exportação. Suas condições climáticas, nas estações de verão e inverno, criam um ambiente excepcional para a produção de um vinho tinto inigualável.

Um lugar muito importante que você deve visitar à margem da cordilheira dos Andes é a Vinha Anakena, aí pode-se tomar um delicioso Carmenére e desfrutar de cavalgadas, comidas ao ar livre e passear de bicicleta de montanha.
Chile

• Vale do Curicó

Falar do Vale do Curicó também é pensar na denominação de origem chilena para vinhos que tem o mesmo nome.

Nos campos de Vale Lontué e Vale del Teno, as duas zonas vitivinícolas que  conformam o Vale do Curicó, se encontram os vinhedos de sonho que fazem da visita a este lugar uma experiência inesquecível: Vinha Miguel Torres, Vinha Echeverría, Vinha Millaman e Vinha Alta Cima. Seus prestigiosos vinhos em sintonia com os mirantes, as antiquíssimas adegas subterrâneas e as casas grandes fazem do passeio pelos vinhedos, uma atividade perfeita para o mais exigente sibarita.

Na Vinha Alta Cima, de propriedade do casal Klaus e Katharina, você encontrará um passeio guiado por sua adega, mirante e casa familiar, com degustação de vinhos como Carmenere, Syrah, Merlot, Late Harvest, Cabernet Sauvignon e deliciosos pratos da casa como o ganso recheado, o cordeiro ao romero com fonditos de alcachofra e o lombo ao Carmenere.

Caso lhe seduza uma deliciosa combinação de queijos e chocolates, então se sentirá muito bem na Vinha Miguel Torres. É uma oportunidade única de conhecer sua adega abarrotada de barricas de carvalho francês, visitar a zona de vinificação e laboratório, adega de criação e jardim de variedades, todo um passeio emoldurado no mundo da viticultura orgânica.

Vinha Millaman traz em seu nome uma homenagem ao Condor, símbolo do Chile e da Cordilheira dos Andes e representa o vínculo sagrado entre seus vinhos e as terras de onde procedem. É um lindo lugar com características especiais: conta com os vinhedos mais antigos de Malbec (desde 1934) e é um dos poucos produtores de Zinfandel, uma das variedades de uva mais antigas do mundo. Em Vinha Millaman você desfrutará do passeio por sua casa patronal e terá o privilégio de experimentar misturas de cepas como o Zinfandel e Cabernet Sauvignon.

Tradição centenária é o que se encontra na Vinha Echeverría. A família Echevarría, com uma história de quase três séculos em terras chilenas e 100 anos dedicados à produção vinícola, alcançou um reconhecimento importante no âmbito mundial. Sua adega produz Sauvignon Blanc, Chardonnay, Merlot, Carmenere, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Pinot Noir e Syrah. Caminhe por seus vinhedos e conheça seu processo de produção com rigorosas práticas orgânicas. É um lugar surpreendente.
Chile

No próximo artigo Royal Holiday continuará mostrando mais rotas do vinho no espetacular Vale Central do Chile!

You may also like